5 dicas para escolher a melhor máquina de cartão

Ter uma máquina de cartão hoje em dia é um pensamento muito comum para muito empresário porque o uso de cartões (débito e crédito) é cada vez mais comum, levando em conta que é uma maneira segura de fazer compras e realizar pagamentos.

Dessa forma, para aceitar pagamentos com os cartões, os estabelecimentos precisam ter terminais eletrônicos para a transmissão de dados financeiros e é justamente isso que faz uma máquina de cartão. A questão é que elas têm taxas diferentes e serviços diferentes.

5 dicas para escolher a melhor máquina de cartão

Por isso, o mais recomendável é estudar qual é a melhor máquina de cartão para cada tipo de negócio, considerando não apenas a taxa, mas também a aceitação, as vendas e os serviços disponíveis em cada uma delas.

Receber o dinheiro do cartão

Os empresários que vão pedir uma máquina de cartão devem considerar que as compras pagas com os cartões têm prazos para recebimento. Por exemplo, quando a compra é feita de forma parcelada, o lojista recebe os valores parcelados também.

Existe a possibilidade de antecipar os pagamentos, mas isso não vantajoso do ponto de vista financeiro para o lojista, ao passo que as empresas dos cartões acabam cobrando taxas mais altas pelo serviço.

Ainda que seja uma boa opção para quem quer receber dinheiro e aumentar o caixa da empresa, é preciso estudar a melhor forma de fazer isso porque as taxas são altas, ao passo que os valores vão depender de cada empresa da máquina de cartão.

5 dicas para escolher a melhor máquina

A escolha de uma máquina de cartão que tem taxas menores, por exemplo, pode influenciar diretamente no valor dos produtos que são vendidos, o que aumenta a negociação com o consumidor final. Portanto, saiba como escolher a melhor máquina de cartão para você.

1 – Mais bandeiras

Uma das coisas que se deve considerar ao escolher uma máquina de cartão é que como existem vários modelos também existe uma variedade de tipos que aceitam cartões distintos. A dica é escolher uma que aceite mais de 1 tipo de bandeira ou o máximo possível.

2 – Mais Vendas

Outra dica é planejar as vendas, já que com uma nova máquina de cartões, a situação do caixa precisa ser estudada e tudo pode passar a ter mais transparência, especialmente para quem tem um comércio com a venda de produtos.

3 – Mais Serviços

Além de serem totalmente úteis para receber pagamento de compras em débito ou em crédito, elas também podem ter outras funções, isto é, mais serviços, como a recarga para celulares, que acaba sendo um diferencial para quem quer atrair mais clientes.

4 – Mensalidades

Outro quesito importante de se estudar quando se vai escolher uma máquina de cartão é a questão das mensalidades, algumas oferecem essa opção enquanto outras tem taxas que diminuem gradativamente.

5 – Taxas

Por fim, também é importante que o empresário compare as taxas que são cobradas nas máquinas de cartões, levando em conta que isso varia conforme o tipo da máquina: umas tem valor fixo e outras têm valores apenas para a compra e não mensalidade.